15
Estudos Portugueses na China

O ensino de línguas estrangeiras na China, particularmente aquelas chamadas “minoritárias” está a desenvolver-se vigorosamente devido ao crescente intercâmbio comercial, diplomático e cultural. Hoje são muito populares entre alunos chineses os cursos de línguas estrangeiras, pois os seus licenciados conseguem, normalmente com relativa facilidade, arranjar emprego, ter um bom salário e bastantes oportunidades de desenvolvimento profissional, quer na China, quer no estrangeiro. Entre aqueles cursos de línguas estrangeiras destaca-se o de Português, no qual se tem registado um intenso crescimento nos últimos anos. Há cada vez mais instituições a abrir cursos de licenciatura de língua portuguesa na China e ao contrário de outras licenciaturas de língua onde o número de ofertas é cada vez mais reduzido, a demanda de licenciados em Língua Portuguesa continua a crescer exponencialmente.

A primeira escola superior a oferecer, em 1960, cursos de Português na China foi o Instituto de Radiodifusão de Beijing (atualmente conhecido como Universidade de Comunicação da China). No entanto, no ano em que começou a Revolução Cultural (1966), este Instituto deixou de admitir alunos e o Departamento de Português só voltou abrir as suas portas 34 anos mais tarde.

O Instituto de Línguas Estrangeiras de Pequim, hoje denominado Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim, criou o seu primeiro curso de licenciatura em língua portuguesa no ano de 1961 e em 2011 o Departamento de Português desta universidade celebrou o seu 50º aniversário.
朱元 (Zhu Yuan)
Gustavo
&
Cristina Água-Mel

Zhu Yuan é aluno no mestrado de Gestão Global na Thunderbird School of Global Management e tradutor freelance de português-chinês e inglês-chinês. Foi formado em Língua e Cultura Portuguesas pela Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim em 2011. É também atleta de velocidade na Equipa Universitária.

voltar ao índice